ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL (Modelo 2006) EDITAL DE CREDENCIAMENTO


A Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino Região da LESTE II torna pública a abertura de inscrição específica para o processo seletivo referente ao Projeto Escola de Tempo Integral, modelo 2006, aos docentes e candidatos à contratação interessados em atuar, no ano de 2016, nas Oficinas Curriculares das Escolas de Tempo Integral desta Diretoria de Ensino Região da LESTE II, nos termos da Resolução SE 85/2013, Resolução SE 75, de 28-11-2013 e Portaria CGRH -7, de 25/08/2015.

I - DAS INSCRIÇÕES:

As inscrições deverão ser feitas, no período de 16/11 a 24/11/2015, das 10h às 13h,e 14h ás 17h, especificamente na escola E.E. Antônio José de Sucre , sito à Rua Valdomiro Gonzaga, 809- Jardim das Oliveiras- Itaim Paulista- CEP: 08111-540 SP. Tel: 25695540. Para as seguintes Oficinas: Leitura e Produção de Texto, Experiências Matemáticas, Orientação de Estudos, Atividades Esportivas Motoras, Tecnologia e Sociedade, Atividades Artísticas, Língua Estrangeira -(Inglês) e Espaços Educadores Sustentáveis.

II - DAS CONDIÇÕES:

Poderão se inscrever docentes e/ou candidatos à contratação, devidamente inscritos e classificados para o processo regular de atribuição de classes/aulas, na seguinte conformidade: 1) Docentes Titulares de Cargo para carga suplementar de trabalho. 2) Docentes Ocupantes de Função Atividade - Categorias P e F. 3) Candidatos à contratação.

III - DA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A INSCRIÇÃO:

No ato da inscrição o docente deverá apresentar: 1) RG e CPF (original e cópia reprográfica). 2) Diploma de curso de Licenciatura Plena, acompanhado de Histórico Escolar (original e cópia reprográfica). 3) Proposta de Trabalho para o desenvolvimento da Oficina/Atividade, objeto da inscrição.

IV - DAS HABILITAÇÕES DOCENTES:

Na atribuição das aulas das Oficinas Curriculares da Escola de Tempo Integral, serão observadas as seguintes habilitações/qualificações docentes: a)“Orientação de Estudos” - diploma de licenciatura plena em Pedagogia, ou licenciatura plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, ou licenciatura Plena em disciplinas da Área de Linguagens e Códigos. b) “Leitura e Produção de Texto” - diploma de licenciatura plena em Letras / Língua Portuguesa. c) “Experiências Matemáticas” - diploma de licenciatura plena específica em Matemática ou de licenciatura em Ciências com plenificação em Matemática. d) “Língua Estrangeira Moderna - Inglês - diploma de licenciatura plena em Letras,
com habilitação em Inglês. e) “Tecnologia e Sociedade” - diploma de licenciatura plena em disciplinas da área de Ciências da Natureza, ou diploma de licenciatura plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas. f) “Atividades Artísticas” - diploma de licenciatura plena em Educação Artística/Arte. g) “Atividades Esportivas e Motoras” -

diploma de licenciatura plena em Educação Física. h)”Espaços Educadores e Sustentáveis”
•Observação poderá haver alterações da matriz curricular, conforme comunicado CGEB, via Email dia 29/10


V - DA SELEÇÃO:

Constituem-se em componentes do processo de seleção, além das habilitações/qualificações exigidas, os seguintes aspectos: 1) Perfil profissional. 2) Proposta de trabalho. 3) Entrevista individual: A equipe gestora de cada escola, assistida pelo respectivo Supervisor de Ensino, analisará o atendimento integral ao perfil do profissional exigido pelas características e especificidades da(s) oficina(s) curricular(es) a ser(em) atribuída(s); a pertinência e a qualidade da proposta de trabalho apresentada e os resultados da entrevista individual.

VI - PERFIL DO DOCENTE:

Espera-se do docente que atue nas oficinas curriculares da Escola de Tempo Integral o seguinte perfil: 1) que tenha conhecimento da especificidade do trabalho pedagógico a ser desenvolvido na oficina curricular e na Escola de Tempo Integral como um todo. 2) que tenha disponibilidade para participar de programas de capacitação oferecidos pela SEE e órgãos conveniados, socializando e aplicando os novos conhecimentos adquiridos. 3) que utilize metodologias de trabalho que, respeitando a proposta pedagógica da escola, promova a inclusão, a solidariedade, a troca de experiências, a aprendizagem e contribua para a educação integral dos alunos. 4) que tenha facilidade em desenvolver trabalho em equipe.5) que seja capaz de articular o trabalho da oficina curricular com as demais áreas do currículo. 6) que participe dos Conselhos de Classe, zelando pelos documentos escolares de sua competência. 7) que seja frequente às aulas de trabalho pedagógicos coletivos (ATPCs), promovidos pela escola. 8) que seja assíduo e pontual.

VII - PROPOSTA DE TRABALHO:

São conteúdos mínimos necessários para a avaliação da proposta de trabalho: 1) Por que trabalhar na Oficina Curricular da Escola de Tempo Integral? (objetivo) 2) Quais recursos didático-metodológicos podem auxiliar no desenvolvimento das oficinas curriculares? 3) Como acompanhar o desempenho do aluno nas oficinas curriculares? (avaliação) 4) Como articular o trabalho das oficinas curriculares com a Proposta Pedagógica da escola e as demais áreas do currículo? 5) Bibliografia utilizada na concepção da proposta.

VIII - ENTREVISTA INDIVIDUAL:

Será agendada entrevista individual com o candidato, para o período de 26/11 e 27/11, que versará sobre sua proposta de trabalho. São critérios para a avaliação da entrevista: 1) Clareza na exposição. 2) Uso dos recursos da norma culta da linguagem. 3) Conteúdo pertinente à proposta de trabalho. 4) Postura profissional.


IX - DA CLASSIFICAÇÃO:

Os interessados serão classificados na ordem inversa do total de pontos obtidos através da soma: Avaliação da Proposta de Trabalho (0 - 50 pontos) + Entrevista (0 - 50 pontos). Os candidatos poderão atingir o máximo de 100 pontos.



X - DA DIVULGAÇÃO DA RELAÇÃO DOS PROFESSORES SELECIONADOS POR ESCOLA:

As Escolas de Tempo Integral ficarão responsáveis pela divulgação da relação dos professores selecionados, através de listas de classificação, por oficina curricular que serão afixada na própria escola a fim de proceder à atribuição preliminar das aulas e posteriormente à atribuição durante o ano, quando necessária. Havendo, por motivos de interesse da administração pública, o encerramento do Projeto Escola de Tempo Integral, da unidade mencionada neste edital, este credenciamento será nulo.



XI - DA ATRIBUIÇÃO:

As atribuições das Oficinas Curriculares da Escola de Tempo integral acontecerão de acordo com cronograma a ser divulgado oportunamente pela Secretaria de Estado da Educação.



XII - DO CRONOGRAMA:

1)Inscrição: de 16/11 a 24/11/2015 2) Entrevista: de 26/11 e 27/11 de 2015, conforme agendamento. 3) A classificação dos selecionados será afixada na Unidade Escolar em que se inscreveu o candidato em 09/12/2015.
2)Período de Recurso: 10 a 11/12/2015


XIII - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS:


1) O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá sua inscrição indeferida. 2) No decorrer do ano letivo, o docente que por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades da oficina curricular, cujas aulas lhe tenham sido atribuídas, perderá, a qualquer tempo, estas aulas, por decisão da equipe gestora, ouvido o Supervisor de Ensino da escola.
3) Ao docente que se encontre com aulas da Oficina Curricular da Escola de Tempo Integral atribuídas, as quais comportam substituição docente, por qualquer período, são assegurados os mesmos benefícios/vantagens a que fazem jus os seus pares docentes no ensino regular, observadas as normas legais pertinentes, exceto a possibilidade de afastamento das referidas aulas para exercer qualquer outro tipo de atividade ou prestação de serviços. 4) Ao docente que se encontre com aulas da Oficina Curricular da Escola de Tempo Integral atribuídas aplicam-se as disposições da legislação específica do processo de atribuição de classes, turmas, aulas de projetos da Pasta e modalidades de ensino, bem como as da legislação referente ao processo regular de atribuição de classes e aulas. 5) O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições do presente edital. 6) Será nulo o credenciamento de docente não efetivo ou candidato à contratação que não realizar com êxito a prova do processo seletivo simplificado, se houver, e não for devidamente classificado pela Coordenadoria de Recursos Humanos da
SEE, para ministrar aulas no ano letivo de 2016. 7) Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela equipe gestora da escola assistida pelo supervisor de ensino. 8) Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente edital.

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO LESTE 2
EDITAL DE CREDENCIAMENTO PARA SALA DE LEITURA - 2016

A Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino Leste 2 torna pública a abertura de inscrições para o processo de credenciamento, seleção e atribuição aos docentes interessados em atuar nas Salas de Leitura no ano de 2016, nos termos da legislação 70/2011, Resolução SE 75/2013 e Portaria CGRH nº 7 de 25/08/2015, nas escolas contempladas com o projeto.
I-Dos Requisitos:
1-Ser portador de diploma de licenciatura plena, preferencialmente em Letras;
2-Possuir vínculo docente com a Secretaria de Estado da Educação em qualquer dos campos de atuação, observada a seguinte ordem de prioridade por situação funcional, sendo:
a) docente readaptado;
b) docente titular de cargo, na situação de adido, que esteja cumprindo horas de permanência na composição da Jornada Inicial ou da Jornada Reduzida de Trabalho Docente;
c) docente ocupante de função-atividade, abrangido pelas disposições da Lei Complementar  1.010/2007, que esteja cumprindo horas de permanência correspondentes à carga horária mínima de 12 horas semanais.
3-O docente readaptado somente poderá ser incumbido do gerenciamento de sala ou ambiente de leitura que funcione no âmbito da própria unidade escolar, devendo, para atuar em escola diversa, solicitar e ter previamente autorizada a mudança de sua sede de exercício, nos termos da legislação pertinente.
4-Na ausência de docentes, que estejam cumprindo exclusivamente horas de permanência, poderá haver atribuição de sala ou ambiente de leitura ao ocupante de função-atividade, abrangido pelas disposições da Lei Complementar 1.010/2007, que já possua carga horária, atribuída no processo regular de atribuição de classes e aulas, desde que seja compatível com a carga horária do gerenciamento da sala/ambiente de leitura.
5-Para os docentes, a que se referem as alíneas “b” e “c” do inciso II deste artigo, inclusive o mencionado no parágrafo anterior, somente poderá haver atribuição de sala ou ambiente de leitura na comprovada inexistência de classe ou de aulas de sua habilitação/qualificação, que lhe possam ser atribuídas, em nível de unidade escolar e também de Diretoria de Ensino.
6-Ao docente responsável pelo funcionamento da Sala de Leitura caberá: comparecer a Orientações Técnicas, atendendo a convocação ou indicação específica; participar das reuniões de trabalho pedagógico coletivo (HTPCs) realizadas na escola, para promover sua própria integração e articulação com as atividades dos demais professores em sala de aula; elaborar seu projeto de trabalho; planejar e desenvolver com os alunos atividades vinculadas à proposta pedagógica da escola e à programação curricular; orientar os alunos nos procedimentos de estudos, consultas e pesquisas; selecionar e organizar o material documental existente; promover e executar ações inovadoras, que incentivem a leitura e a construção de canais de acesso a universos culturais mais amplos; ter habilidade com programas e ferramentas de informática.
7-Estar inscrito no processo anual de atribuição de Classes/Aulas - 2016 na Diretoria de Ensino Leste 2.
8-Ter feito a inscrição para este projeto da pasta no Sistema GDAE.
II-Da Carga Horária
1-O professor selecionado e indicado para atuar na sala ou ambiente de leitura exercerá suas atribuições com uma das seguintes cargas horárias:
a)40 horas semanais, em atividades com alunos e trabalho pedagógico;
b)24 horas semanais, em atividades com alunos e trabalho pedagógico.
2-Tratando-se de readaptado, o docente cumprirá a carga horária fixada em sua Apostila de Readaptação, que não poderá ser inferior a 24 horas semanais, incluídas as correspondentes horas de trabalho pedagógico (ATPCs e ATPLs) a que faz jus.
3-O professor, no desempenho das atribuições relativas à sala ou ambiente de leitura, usufruirá férias de acordo com o calendário escolar, juntamente com seus pares docentes.
III-Das Inscrições
Local: Na escola Sede de Exercício do candidato
Período de Inscrições: De 16/11 a 24/11/2015
Horário: Das 10 às 13 horas e das 14 às 17 horas
Publicação da Relação de Inscritos: será disponibilizada no site da Diretoria de Ensino.

           O candidato deverá apresentar original e cópia reprográfica simples dos seguintes documentos:
a)Diploma de Licenciatura Plena;
b)RG e CPF;
c)Comprovante de inscrição no Processo de Atribuição de aulas/2015;
d)Preencher a ficha de inscrição na escola;
e)Entregar Projeto de Trabalho. O Projeto de Trabalho deverá contemplar os seguintes itens:
a)Identificação;
b)Público Alvo;
c)Justificativa;
d)Objetivos;
e)Ações;
f)Estratégias;
g)Período de realização;
h)Avaliação.
         Elaborar o Projeto de acordo com as Referências Bibliográficas da Instrução Conjunta CENP/DRHU de 04/03/09.
          A documentação a ser entregue deverá estar dentro de um envelope devidamente identificado.

IV-Da seleção:
Para fins de seleção serão considerados:
a)Análise do Projeto de trabalho apresentado e do perfil profissional;
b)Entrevista com o candidato à Sala de Leitura, sobre o Projeto de Trabalho apresentado, será agendada pelo Diretor em data posterior ao momento da inscrição.

V-Da classificação e divulgação do resultado:
A classificação e divulgação dos resultados dos processos se darão em nível de cada unidade escolar, findo os prazos de inscrição, entrevistas, análise de perfis e projetos, devendo, as vagas remanescentes, serem encaminhadas à Diretoria de Ensino para posterior publicidade.

VI-Da atribuição:
A Atribuição será realizada na própria unidade escolar.

VII-Das disposições finais:
1 - O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá a inscrição indeferida;
2 - Na hipótese do docente não corresponder às atribuições da sala ou ambiente de leitura, a perda das horas de gerenciamento será decidido conjuntamente pela Direção da Escola e pelo Supervisor de Ensino;
3 - Será nulo o credenciamento de docente que não for devidamente classificado pelo Departamento de Recursos Humanos da SEE para ministrar aulas no ano letivo de 2016.
4 - O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do interessado, de todas as disposições do presente edital;
5 - Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela equipe Gestora da Escola assistida pelo Supervisor de Ensino;
6 - Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente edital.


Retificação do Edital “ Escola de Tempo Integral (modelo 2006) Credenciamento. ”
Conforme inciso XIV, do artigo 7º, da Resolução SE 85 de 19-12-2013
No item IV- Das Habilitações Docentes:
c) Experiências Matemáticas:  Anos Iniciais: preferencialmente, diploma de licenciatura plena em Pedagogia, e na indisponibilidade de profissional licenciado, aluno do último ano dessa licenciatura.
A classificação dos selecionados será afixada na Unidade Escolar em que se inscreveu o candidato em 22/12/2015.
Período de Recurso:  de 28 à 29/12/2015
NOVO
Edital de Convocação Agosto 2016 Edital de Convocação para Exercício de Professor para Atividade Docente no Programa Ensino Integral 2016 NOVO

Adesão ao Regime de Dedicação Plena e Integral. Os candidatos classificados para exercer a atividade docente junto às unidades escolares do Programa Ensino Integral, abaixo relacionada, ficam convocados a comparecer à sede da Diretoria de Ensino Leste 2, localizada à rua Mohamad Ibrahim Saleh, 979 Jardim São Vicente, São Miguel Paulista, São Paulo, às 10 horas do dia 08-09-2016. Nesta oportunidade, os candidatos deverão manifestar interesse na vaga a ser oferecida para atuar como: professor em atividade docente, na unidade escolar de Ensino Integral, nos termos da Lei Complementar 1.164/12 alterada pela LC 1.191/2012, do Decreto 59.354/13, da Resolução SE 52/14 e da Resolução SE 58/14, artigo 9º da Resolução SE 67, de 16-12-2014 e demais instrumentos legais pertinentes. O não comparecimento caracterizará desinteresse por essa vaga.


VAGAS: EE “João Batista Vilanova Artigas” (6º ao 9º ano) 01 vaga para Professor de Matemática